Contas Islâmicas: Recursos para Operar Opções Binárias e Forex

Contas Islâmicas: Recursos para Operar Opções Binárias e Forex

A influência significativa do Islã na vida dos muçulmanos modernos pode ser rastreada ao estudar uma lista de proibições na esfera financeira e de crédito, baseada na lei Sharia.

Conteúdo

Muitos europeus têm dificuldade em acreditar que, no século XXI, um empréstimo com juros ou a negociação de títulos possa ser percebido como um crime terrível. Por mais estranho que possa parecer, os muçulmanos respeitam e observam os ensinamentos religiosos e as tradições de seus antepassados, assim como faziam séculos atrás.

As leis da Sharia tornaram-se um obstáculo sério para financistas, banqueiros, proprietários de corretoras, etc., que não querem perder os mercados promissores do Oriente Médio, Ásia e países africanos.

Como não é realista mudar o Alcorão e as tradições centenárias dos fiéis, restou apenas uma saída: alterar a linguagem do mercado de negociação para que não contradiga os ensinamentos do Profeta Maomé. Como resultado, muitas corretoras, como a AvaTrade, introduziram um serviço chamado “contas islâmicas”.

Mercado Forex Islâmico

islam-forex-market

O mercado Forex e as opções binárias no Islã são atividades proibidas que os fiéis nunca se envolverão (se considerarmos em sua forma clássica). O trabalho em plataformas de negociação inclui elementos que violam a lei Sharia. Estes incluem:

  •  Misir: Muçulmanos não são autorizados a se envolver em atividades que envolvam “dinheiro fácil”. Uma pessoa deve obter lucro investindo seu capital ou trabalho. Cassinos, jogos de azar, etc., são inaceitáveis para os fiéis.

Por outro lado, o trabalho em plataformas de negociação está relacionado à busca e análise das informações necessárias, ao estudo de gráficos e à identificação de fatores que influenciam o valor dos ativos. Como pode tal trabalho ser considerado “dinheiro fácil”? Essa abordagem é bastante satisfatória para os muçulmanos que decidiram ganhar dinheiro no mercado Forex e em outras áreas de negociação online.

  • Gharar: Inclui o comércio de bens que a parte não possui na transação, e também envolve o risco especulativo das operações (por exemplo, negociação com alavancagem).
  • Riba: No Islã, a usura não é permitida. Neste caso, a usura ocorre entre o corretor e o negociante. Embora nem todos concordem com esta afirmação, referindo-se ao fato de que taxas de serviço e usura são coisas diferentes.

Características das contas islâmicas de Forex

As contas islâmicas para operar nos mercados de câmbio não possuem elementos que se assemelham às proibições mencionadas anteriormente.

Suas principais características são:

  • Utilização apenas de spreads fixos.
  • Ausência de juros, taxas ocultas ou pagamentos adicionais.
  • Proibição do uso de Swaps. As posições abertas não são fechadas no final do dia, e o trader não paga uma taxa para transferi-las para o dia seguinte.

Outro ponto importante relacionado à abertura de uma conta islâmica é que, para esse procedimento, o futuro trader deve fornecer comprovação de sua filiação religiosa. Não são necessários mais documentos adicionais.

Further reading

Negociação de opções binárias para muçulmanos

As principais razões para a proibição de opções binárias no Islã são:

  • O acúmulo de ganhos em caso de uma transação bem-sucedida é realizado como um percentual, o que é estritamente proibido pelas leis da Sharia.
  • Essas operações se assemelham a jogos de azar.
  • Muitas vezes, uma transação tem como base um ativo real.

Assim como no caso de contas para os mercados de moedas, a negociação de opções binárias para muçulmanos é realizada sem o uso de Swaps. Muitos corretores, como o FIBO Group, permitem que potenciais clientes abram contas islâmicas e operem na plataforma de negociação, onde o trader não depende das mudanças na direção do valor do ativo, mas investe dinheiro em projetos não proibidos pela lei Sharia, como a NordFX.

Opções binárias ilegais no Islã permitem que traders muçulmanos abram contas isentas de Swaps que podem ser usadas para transações de longo prazo. Sem pagar juros na transferência de posições, essas operações possibilitam obter lucro adicional, algo utilizado por traders que nada têm a ver com o Islã.

Com base nas informações acima, pode-se concluir que os muçulmanos, apesar das proibições da Sharia para obter renda usando empresas de corretagem tradicionais, podem se envolver em negociações online. Nesse caso, a abolição de comissões e Swaps permitiu que traders encontrassem fontes adicionais de renda que não estão disponíveis para proprietários de contas comuns.

Esse fator foi a razão pela qual os corretores começaram a exigir que todos que desejam realizar transações sem violar a lei Sharia provem que realmente são muçulmanos. “Aviso de Risco Geral: Opções binárias e negociação de criptomoedas envolvem um alto nível de risco e podem resultar na perda de todos os seus fundos.”

Further reading

×
Or sign up with e-mail

×

Create Alert For

USD

Current Value is